Medindo os resultados financeiros da empresa

Medindo os resultados financeiros da empresa

Inicialmente, temos notícias de que determinada empresa não está em uma boa situação econômica, não é mesmo? Porém, como saber se a sua empresa vai bem financeiramente? Medindo os resultados financeiros da empresa.

De acordo com a consultora de gestão financeira e diretora da Gontijo Soluções, Georgiane Gontijo, a DRE é o resumo financeiro que identifica o desempenho de uma empresa em um determinado período. Ou seja, é com esse demonstrativo que conseguimos entender se o seu negócio está lucrando ou não.

Por isso, veja agora um passo a passo que a consultora de gestão financeira fez sobre cada uma das informações da DRE para podermos entender a empresa.

1) Medindo os resultados financeiros da empresa, calcule o valor total das vendas:

Antes de mais nada, o objetivo de uma empresa sempre é vender o que produz. Por isso, vale entender que esse valor total das vendas não é o lucro da empresa. Muitos empreendedores podem se confundir por se tratar de grandes quantias. Pois, são elas que serão usadas para pagar as contas da empresa.

2) Medindo os resultados financeiros da empresa, custo do que foi vendido:

Você precisa deixar bem esclarecido todos os valores que o fornecer cobra de mão de obra para os seus serviços. Pois, é esse valor que você paga para o seu fornecedor, que te ajuda a decidir o quanto deverá cobrar pelo que vende. E ainda, tem mais: subtraindo esse valor ao valor total de venda já saberá qual é o lucro bruto do negócio.

3) Entender seu Lucro Bruto:

O lucro bruto sinaliza se vale a pena ou não produzir o seu produto. Ou seja, não ter lucro bruto pode significar que o seu negócio não vale a pena. Sendo assim, por meio dessas informações buscará alternativas de como reduzir custos de produção ou ajustar o preço de venda.

4) Medindo os resultados financeiros da empresa : custos e Despesas Operacionais:

Por exemplo, Vendedores, salário dos colaboradores, gastos com marketing e demais gastos dentro da empresa são operações que precisam ser realizadas para o negócio andar.

5) Aprenda sobre sua receita operacional:

Essa receita é o termômetro da sua produtividade e eficiência da empresa. Ou seja, se esse valor for positivo, entende-se que seu processo desde a compra com os fornecedores, a produção e a venda estão valendo a pena. Portanto, quanto maior, mais eficiente é a sua empresa. Vale lembrar que, a receita operacional não é o lucro da sua empresa.

6) Evite despesas com juros:

Se sua empresa possui dívidas com empréstimos ou financiamentos, é preciso garantir que esses pagamentos estejam em dia para evitar despesas com multas e juros. Essas dívidas são obrigações que precisa cumprir para não atrasar compromissos financeiros. Se você subtrair essas despesas da receita operacional você terá o lucro antes dos impostos.

7) Lucro antes dos impostos:

Esse índice mostra nada mais do que a capacidade da sua empresa de gerar receita com o que produz. E com esse valor, em caso de endividamento, é possível honrar esses compromissos

8) Imposto de renda:

O temido imposto de renda é fundamental para termos consciência do nosso próprio negócio. De fato, o valor de impostos pagos são altas, mas ela faz parte da lista e não podemos deixar passar. E é subtraindo o valor dos impostos de renda com o lucro antes dos impostos que chegará a sua receita líquida. 

9) Receita líquida:

É este o valor que poderá reinvestir na empresa ou dividir entre os sócios! A caminhada é longa até chegar a este índice, mas é a melhor maneira de saber a lucratividade da empresa em relação aos investimentos feitos.

Para saber bem sobre a geração de lucro, é preciso entender todas as etapas. Elas são fundamentais para manter o bom funcionamento de um negócio. Além disso, com esses indicadores tomará as melhores decisões e fará sua empresa crescer ainda mais.

Ainda tem dúvidas de como manter todo esse processo funcionando? Converse com a gente, estamos sempre buscando a melhor forma de levar qualidade de vida aos empresários e famílias!

Deixe um comentário