Análise da saúde financeira da empresa

Análise da saúde financeira da empresa

Você sabe fazer a Análise da saúde financeira da empresa Porque, anualmente é recomendado que se faça um check-up para saber como anda a nossa saúde, não é mesmo? Na gestão da sua empresa não pode ser diferente. Portanto, para alguns gestores, essa tarefa pode parecer um desafio.


Para a consultora de gestão financeira e diretora da Gontijo Soluções, Georgiane Gontijo, é importante avaliar a situação financeira da empresa para elaborar boas práticas e adotá-las para alcançar o objetivo esperado.

Por isso, como avaliar esse processo para saber se minha empresa está saudável ? Porém, Georgiane destaca alguns indicadores que podem auxiliar bastante na avaliação:

Análise da saúde financeira da empresa : Faturamento

O dinheiro se divide em bruto e líquido. Ou seja, Bruto é a soma de todos os ganhos em um período. E o líquido é o que sobra após serem descontados todos os custos (variáveis e fixos)

Análise da saúde financeira da empresa : Custo fixo e variáveis 

Sendo assim, são aqueles gastos necessários para manter a empresa aberta e que não mudam de acordo com o faturamento. Por isso, os custos fixos tenham estabilidade, uma vez que seu aumento pode impactar no lucro do negócio. Pode acontecer de os custos variáveis aumentarem ou não junto com as vendas.

Então, é importante anotar todos os custos, tanto fixos, quanto variáveis na hora de avaliar a situação financeira da empresa – porque isso permite um plano mais eficaz.

Lucratividade

Permite saber se a saúde financeira da empresa está boa ou não. Ou seja, é possível planejar o fluxo de caixa e prever as dividas.

Recebidos

De antemão, por exemplo, sua empresa pode ter boas vendas, mas não receber essa quantia. Isso acontece, com quem realiza muitas vendas a prazo e  acaba sofrendo com a falta de pagamentos. Por isso, para evitar essa situação, é importante elaborar um programa de cobrança eficiente.

Ticket médio

Agora, esse ponto é para entender quanto cada cliente de uma empresa representa. Com o ticket médio é possível avaliar se o número é bom, se gera lucro nas operações ou se está baixo. Ele permite que a empresa saiba quando terá retorno do investimento em caso de um plano de expansão ou de aumento nas vendas.

Dividas

Com essa métrica é possível saber quanto  a empresa usa de recursos próprios para exercer suas atividades e o quanto é proveniente de empréstimos, caso esses recursos forem utilizados para completar o capital de giro.

Agende uma visita conosco!

Deixe um comentário